Segunda-feira

9 de Setembro

Última feira franca


Dia Consagrado às Solenidades Religiosas em honra de Nossa Senhora das Dores – Padroeira das Festas.

«A celebração da Missa é o centro de toda a vida cristã. Nela culmina toda a acção pela qual Deus, em Cristo, santifica o mundo, e todo o culto pelo qual os homens, por meio do mesmo Cristo, Filho de Deus, prestam a adoração ao Pai». (I.G.M.R. 1)

08h00 -

Salva de Morteiros

09h00 -

Largo de Camões (Bandas de música com concerto durante todo o dia)
Banda Musical de São Martinho da Gandra (Ponte de Lima)
Banda Musical da Casa do Povo de Moreira do Lima (Ponte de Lima)

10h30 -

Igreja Matriz
Missa solene com Sermão em honra de Nossa Senhora das Dores

Presente junto da Cruz, Maria vive e sente os sofrimentos de seu Filho.

16h30 -

Centro histórico
Para além do carácter profano da Festa é a parte religiosa que a sustenta na sua origem. Assim, as festas das Feiras Novas têm uma forte componente de religiosidade que marcam o seu ponto alto com a procissão realizada neste dia e que constitui uma forma singular de praticar o culto. Afluem a este acto milhares de pessoas, dando praticamente por encerradas as actividades das Festas.
Procissão em honra de Nossa Senhora das Dores
com muito figurado alegórico, confrarias, Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima e Associações locais.

19h00 -

Largo de Camões
Despedida das Bandas

22h00 -

Largo de Camões
Última Noite de Festa - Noite do Baile
Verbena Popular com o conjunto « COSTA VERDE »
No melhor da sua interpretação musical, despertará os inevitáveis movimentos de dança ao ritmo da música, culminado a festa, alta madrugada.