Mensagem Presidente da Câmara

Uma festa com características exclusivas

Há uns meses, aquando da publicação do Arauto das Feiras Novas, que saiu a público em Maio do corrente ano, alertava para a necessidade de todos sermos mensageiros das nossas festas maiores, as Feiras Novas, como arautos que, tal como em tempos idos, "botavam o pregão" para que as notícias corressem céleres e praticamente ninguém ficasse alheio ao que era divulgado.

Hoje existem meios de comunicação extremamente eficazes que, a par com métodos de publicação reconhecidos como extremamente funcionais desde que se começaram a implementar, espalham as notícias e as fazem chegar aos interessados, sendo de importância primordial a Internet e as denominadas rede sociais.

Se até ao momento temos espalhado a notícia, "botado pregão", difundido a realização das Feiras Novas, torna-se agora da maior relevância propagar o programa e atrair visitantes, forasteiros, estúrdios e festeiros, pois sem eles não haveria certamente Feiras Novas.

São eles que constituem os condimentos de uma festa cujas características são exclusivas - feitas pelo povo e para o povo, com uma simbiose única e peculiar que fazem das Feiras Novas um paradigma e um autêntico estudo de caso que merece investigações aprofundadas ao nível de teses académicas e de artigos científicos nas áreas da etnografia, da antropologia, da sociologia, ou seja, estudos interdisciplinares, sobretudo, nas áreas das ciências sociais, sem esquecer os valores específicos do enoturismo, da gastronomia, do artesanato, da forma irrepetível com que as gentes limianas se relacionam com a Terra que os viu nascer ou que acolheu como cidadãos residentes.

Enquanto muitos apregoavam as Feiras Novas, outros, com muito afinco e dedicação, arregaçaram as mangas e não se pouparam a esforços para erguer o todo que constitui a maior romaria do País, apresentando um programa ambicioso, sempre pautado pelo rigor e pela manutenção dos valores ancestrais que fizeram desta festa a mais tradicional que se realiza em território português.

A todos, da organização aos festeiros, não esquecendo os arautos, deixo o agradecimento público do Município de Ponte de Lima, do Presidente da Câmara e do Executivo Municipal, permitindo-me augurar os maiores êxitos para a edição do presente ano.

Como dizia o Padre Manuel Gomes Dias, um dos maiores entusiastas das nossas festas e também ele membro da Comissão de Festas das Feiras Novas durante muitos anos, "bem-vindo seja quem vier por bem!".


Victor Mendes
Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima

© 2017 Feiras Novas de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados.